Um dos mais tradicionais segmentos de negócio que existem, o mercado funerário tem crescido ano a ano e acompanhado as novidades e tendências mundiais. Os chamados serviços e produtos de death care, como é denominado o segmento atualmente, trazem diversas opções para um último adeus, seja de forma mais econômica dentro das condições financeiras dos familiares, seja com toda a pompa e circunstância.

Os dados mais recentes do nosso parceiro Sincep (Sindicato dos Cemitérios e Crematórios Particulares do Brasil), aponta que o faturamento anual do segmento no Brasil soma mais de R$ 7 bilhões, e tende a expandir. Isso deve ocorrer por conta dos novos serviços, como os direcionados aos animais de estimação, e também pelas novas tecnologias, como a transmissão online de velórios.

Diante desses resultados animadores, é natural que o mercado se diversifique e crie soluções para satisfazer às necessidades do consumidor. De empresas que oferecem tanatopraxia e necromaquiagem (respectivamente, a limpeza e preparo do cadáver e a parte estética para exposição da pessoa falecida) à crematório para pets, o universo deste ramo de negócio é repleto de possibilidades.

Para quem prefere lidar apenas com serviços direcionados aos familiares, sem a necessidade específica de manipulação dos corpos, também há espaço. Há cases de sucesso de empresas como floriculturas online, que permitem ao cliente que esteja em qualquer lugar do país solicitar a entrega de uma coroa de flores.

Atualmente, é cada vez maior o número de pessoas que optam pela cremação. Independentemente de religião ou crenças, o fato é que, nos últimos 20 anos, o número de crematórios no Brasil aumentou 1.000%. Diante desse enorme crescimento, as empresas de cremação oferecem, cada vez mais, serviços como acolhimento, ajuda na resolução de burocracias e no transporte dos familiares, bem como soluções comprometidas com o meio ambiente – algo que levanta cada vez mais adeptos.

Há também empresas especializadas na fabricação de urnas funerárias personalizadas, e também e-commerces de artigos funerários diversos, como itens para profissionais da área e para os familiares. Produtos bastante variados como terços, roupas, véus, mantos, e até mesmo cola labial, caixas e sacos para acondicionamento de ossos, instrumentais para tanatopraxia e aventais de PVC para manejo dos corpos podem ser encontrados em lojas online.

Para quem está disposto a gastar um pouco mais, existe, ainda, a possibilidade de transformar as cinzas de um ente querido em diamante. Urnas biodegradáveis também mantêm a consciência ecológica após a morte e são tendência em um mundo cada vez mais engajado e comprometido com as questões ambientais.

Leave a Reply