Levar equipes para o home office, fechar atendimentos presenciais, transferir telefones, refazer a escala de trabalho, se adaptar às novas recomendações sanitárias, estes foram só alguns dos exemplos de modificações que nossos negócios precisaram passar assim que a notícia da pandemia chegou por aqui.

            Os gestores precisaram repensar todas as suas estratégias em poucos dias. Aquele planejamento estratégico feito a cada ano, dessa vez ficará suspenso. Isso envolve também o planejamento tributário, os custos com folha de pagamento, aluguel e por aí vai. Desta vez, se olharmos para os números das nossas empresas, tomaremos um susto. Em poucos ramos do mercado os valores continuaram os mesmos ou as medições serão confiáveis. Não é o melhor momento para se basear nos relatórios, BIs ou KPIs, isto pode te levar a tomar algumas decisões precipitadas.  

            É hora de lembrar qual o propósito ou missão da sua empresa. O que te motiva a levar o seu produto ou serviço para as pessoas? Neste momento será isso que manterá a sua empresa de pé.  O conceito empresa humanizada nunca fez tanto sentido. Afinal, um dos princípios que regem as empresas humanizadas, é justamente a ideia de haver um propósito de existência além do lado financeiro. A inovação também faz parte deste conceito, ser criativo fará a diferença. Converse com todas as pessoas que fazem parte da sua cadeia, colaboradores, fornecedores, clientes e diretores, essa é a ocasião para relembrar a todos sobre a cultura da empresa para atravessarem juntos a situação e, como diz o velho ditado, duas cabeças pensam melhor que uma, quem dirá várias buscando uma solução em comum?

            Conte com a ULTRA-i, por aqui estamos engajados em fazer com que os impactos sejam os menores possíveis e manter sua operação no ar tem sido nosso objetivo diário.

 

Receba conteúdos por e-mail

Leave a Reply