Nada se compara na vida de uma pessoa como a despedida de um ente querido. A carga emocional é muito grande e os prestadores de serviços funerários precisam oferecer os melhores serviços e a melhor experiência aos familiares neste difícil momento. A tecnologia neste caso, se torna uma importante aliada. De facilidades na hora do velório aos enterros sustentáveis, há diversas ferramentas que trazem mais conveniência para estas situações. Confira alguns exemplos.

Interatividade_1

WhatsApp

O Whatsapp, app número um quando se pensa em mensagens diretas, pode ser um grande aliado das famílias. Uma das maiores preocupações nesta hora é a de conseguir avisar todos os parentes e amigos com informações sobre o velório e enterro. Pode parecer uma tarefa simples, mas a carga emocional e a quantidade de pessoas a serem avisadas torna a missão um pouco mais difícil. Para ajudar, cemitérios e funerárias apostam em serviços de mensagens via WhatsApp.

QR Code em lápides

Os cemitérios também buscam soluções para facilitar a identificação e resgatar a história das pessoas enterradas em seus jazigos. Tecnologia disseminada com a popularização dos smartphones, a tecnologia QR Code já é um elemento presente em lápides de várias cidades do País. A ULTRA-i com a plataforma Vida & Memória traz toda a identificação de quem está enterrado no local, como foto e biografia, facilitando o resgate histórico e a preservação da memória.

Sistemas de localização

Interatividade_2Em grandes cemitérios é comum as pessoas se perderem na tentativa de achar o túmulo de seu ente querido. Hoje, O Vida & Memória oferece a localização das sepulturas de forma online, permitindo que as pessoas consultem a localização exata em seu próprio smartphone. A ULTRA-i também possui dentro de seu Ecossistema iVertex, o módulo de Planta Virtual, que pode auxiliar os visitantes nos cemitérios em dias de grandes fluxos. Com a área totalmente demarcada e diferenciada por cores, os visitantes podem ver, por exemplo, quais jazigos estão disponíveis para compra.

Velas virtuais

Quem costuma visitar o túmulo de algum parente ou amigo normalmente leva uma vela para rezar pela alma da pessoa. A prática também é comum em datas especiais, como Finados e Dia das Mães. Entretanto, a quantidade de velas acesas em um mesmo local aumenta o risco de incêndio e exige precaução constante da empresa responsável pela administração. Uma alternativa interessante é a adoção de velas virtuais, que “queimam” na página do perfil da pessoa cadastrada no Vida & Memória na internet e duram a quantidade de dias que desejar.

Leave a Reply